Após várias reivindicações na Câmara Municipal de Guarulhos vereador Claudilson Pezão parabeniza o prefeito Sebastião Almeida pela regulamentação da isenção de tarifas de ônibus municipais para pessoas com deficiência.


Portal Almeida Faz.

Vereador Claudilson Pezão reivindicou por várias vezes na Câmara Municipal.

Prefeitura regulamenta isenção de tarifas de ônibus municipais para pessoas com deficiência.

A Prefeitura de Guarulhos regulamentou na última quinta-feira (14), no Diário Oficial, a Lei nº 7.455/2016. Os termos do decreto garantem a isenção no pagamento de tarifas municipais, por meio do Bilhete Único Especial, às pessoas com deficiência física, auditiva, visual, intelectual, múltipla e orgânica, dispostas na Tabela CID-10 – Classificação Internacional de Doenças, independente da condição socioeconômica. Mais de 6 mil deficientes já estão sendo beneficiados.

Nos termos da Política Nacional da Saúde das Pessoas Portadoras de Deficiência, considera-se pessoa com deficiência aquela que apresenta impedimentos de natureza física, intelectual ou sensorial, que podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade.

A inclusão do CID na lei, como critério orientador do laudo, minimiza as controvérsias de interpretação. O código esclarece as dúvidas, porque descreve centenas de modalidades de deficiência física, auditiva, visual, intelectual, múltipla e orgânica, que não constavam expressamente no decreto regulamentador anterior. O acompanhante do deficiente também pode ter a gratuidade das passagens, desde que comprovada a sua necessidade.

13006477_219296341784282_6905823053899032245_n (1)A classificação da deficiência deverá ser realizada por médicos em qualquer Unidade Básica de Saúde (UBS) ou na rede privada, de acordo com a Lei Municipal 7.455.
O laudo já está disponível para a impressão no site da Prefeitura (www.guarulhos.sp.gov.br). Com o documento em mãos, o solicitante deve ir ao órgão emissor municipal, que é a empresa Guarupas, para obter o Bilhete Único Especial.

O novo texto trouxe muitas vantagens para as pessoas com deficiência. Uma das mais importantes foi à desburocratização do acesso ao benefício. De acordo com Firmino Manoel da Silva, coordenador de Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida, na lei anterior 5.572/2000, o laudo somente poderia ser emitido por poucos locais, como, por exemplo, os Centros de Atendimento à Pessoa Deficiente (CAPD) e de Especialidades Médicas de Guarulhos (Cemeg). “Havia um tempo de espera maior. Agora, nós ampliamos para a rede pública e privada. A inclusão do CID também contribuiu muito. São grandes conquistas para nós e que vão contribuir para a agilidade no atendimento ao deficiente”, concluiu.

150881_476882685698410_2110232154_n4

 

Publicado em Acessibilidade, Blog, Bonsucesso, Brasil, Deficiência, Deficiência fisica, Guarulhos, Inclusão social, Prefeitura de Guarulhos, Saúde e lazer, São Paulo, Transporte, Vereador Claudilson Pezão, Vereador Pezão | Deixe um comentário

Vereador Claudilson Pezão juntamente com moradores e Associação Amigos de Bairro agradecem ao Prefeito Almeida pelo anúncio da pavimentação do Parque Residencial Bambi.


Com ajuda de Prefeitura de Guarulhos.

12963878_1143535752343338_3976609201226777754_nLuta antiga o Vereador Pezão que esteve muito emocionado durante evento realizado no CEU Bambi no dia, 11/04/2016, ao qual foi anunciada a pavimentação de 9 ruas inicialmente na qual o Vereador Pezão participou de reuniões na secretaria de Governo, no Bairro , etc; juntamente com a população.

No total, nove ruas do Bambi receberão pavimentação, guias, calçadas e galerias de águas pluviais. As benfeitorias estão inseridas em um pacote de obras da região de Bonsucesso que está orçado em R$ 36 milhões. “Fizemos uma reunião prática e objetiva para apresentar o que está sendo feito na região e na cidade”, afirmou Almeida.

12985598_1143535819009998_8807845667275266304_nO Vereador Claudilson Pezão também entregou em mãos ao prefeito um abaixo assinado pedindo uma linha de ônibus que fizesse a ligação do Residencial Bambi até o Terminal São João.

12987192_1143536022343311_4198721324113262247_nPopulação presente.

As obras no Bambi são financiadas com recursos do PAC Pavimentação (Programa de Aceleração do Crescimento), que contempla ruas e avenidas por onde circulam linhas de ônibus.

12986945_1143535959009984_8318598240234475484_nA pavimentação de ruas em Bonsucesso e Região foi um dos compromissos que assumi com a população, e estamos lutando para que assim que termine o Ponte Alta retorne para o Bonsucesso que é uma luta desde o início de nosso Mandato, Disse o Vereador Pezão.

12990953_1143536109009969_5926039125737951141_nAs ruas do Bambi que serão pavimentadas são as seguintes: Brinco da Princesa, Gerânio, Orlando Marques, Hibisco, Gabriela Gurgel de Freitas, Amarílis, Rua Begônia, Dalia e Calêndula. “As máquinas da Prefeitura agora só vão sair daqui quanto tudo que apresentamos aqui estiver pronto”, disse o prefeito.

150881_476882685698410_2110232154_n4

 

 

Publicado em Acessibilidade, Blog, Bonsucesso, Brasil, Governo, Governo Federal, Guarulhos, Obras, Pavimentação, Prefeitura de Guarulhos, Proguaru, Saneamento, São Paulo, Transporte, Vereador Claudilson Pezão, Vereador Pezão | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Senai Presidente Dutra tem inscrições abertas para diversos cursos.


Redação Guarulhosweb.

timthumb (1)A escola Senai ”Celso Charuri”, localizada no Presidente Dutra, em Guarulhos, tem inscrições abertas para diversos cursos. A unidade foi inaugurada no fim do ano passado e entrou em operação neste semestre.

Há várias opções de Cursos diurnos e noturnos com preços acessíveis e parcelados.

Há vagas para Cursos de:

Auxiliar de Eletricista                                             Comandos Elétricos

Informatica Básica                                                 Automação Hidráulica Industrial

Inspetor de Qualidade                                          Automação Pneumática Industrial

Torneiro Mecânico                                                Operador de Injetora para Termospláscos

Fresador Mecânico                                               NR-11 Operação de Empilhadeira

Segurança em Atividades com Máquinas Injetoras de Materiais Plásticos

Informações e inscrições no Site: http://guarulhosdutra.sp.senai.br

Escola Senai ‘Celso Charuri

Av. Carmela Dutra, 380, Jardim Presidente Dutra

Cep: 07170-150 -Guarulhos- SP

Telefone: 2431-2118

150881_476882685698410_2110232154_n4

 

 

Publicado em Acessibilidade, Blog, Bonsucesso, Brasil, Emprego, Governo de São Paulo, Guarulhos, Inclusão social, Prefeitura de Guarulhos, São Paulo, Serviço social, Tecnologia, Vereador Claudilson Pezão, Vereador Pezão | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Prefeitura de Guarulhos cobra desassoreamento do Rio Baquirivu.


Prefeitura de Guarulhos.

reuniao prefeito 01.2016Em uma reunião realizada na manhã desta sexta-feira, dia 01/04/2016, o prefeito de Guarulhos, Sebastião Almeida, solicitou ao superintendente do Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee), Ricardo Borsari, ações emergenciais para o desassoreamento do leito do Rio Baquirivu. “O rio hoje está muito assoreado e precisa de atenção especial do Governo do Estado. Qualquer chuva forte que ocorrer por lá, vai transbordar de novo”, alertou o prefeito Almeida.

A reunião no Daee foi marcada após um pedido dos prefeitos Almeida e Abel Larini, de Arujá, durante encontro com o governador Geraldo Alckmin nesta semana, em Guarulhos. O encontro foi realizado na sede do Daee, em São Paulo, e também contou com as presenças do prefeito de Arujá, Abel Larini, do deputado estadual Alencar Santana, e do secretário municipal de Obras, Marco Antonio Toledo.

Segundo Almeida, as prefeituras de ambas as cidades concordam com a necessidade de o Daee realizar ações de desassoreamento o mais rápido possível na região. “A população perdeu muita coisa com as enchentes e o governador Alckmin assumiu o compromisso de que era possível pelo menos fazer uma limpeza da calha do rio”, afirmou Almeida. “Infelizmente, o superintendente do Daee alega que não tem recursos para a obra e precisa fazer um remanejamento”.

Borsari admitiu que marcou a reunião após pedido de Alckmin. Segundo ele, os técnicos do Daee vão visitar o local e elaborar um projeto, que será apresentado ao governador do Estado. “Ele (Alckmin) esteve na região e avaliou com os prefeitos a gravidade da situação do assoreamento do Baquirivu e das inundações que ali ocorreram”, disse o superintendente. “Estamos fazendo agora levantamentos, que serão levados ao governador para uma eventual liberação dos recursos”.

150881_476882685698410_2110232154_n4

Publicado em Blog, Bonsucesso, Brasil, Governo de São Paulo, Guarulhos, Manutenção, Prefeitura de Guarulhos, São Paulo, Serviço social, Vereador Claudilson Pezão, Vereador Pezão | Marcado com , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

H1N1: vacinação na rede pública começa em 30 de abril.


Mariana LenharoDo G1, em São Paulo.

Clínicas particulares já têm disponível vacina trivalente de 2016.
Campanha de vacinação contra influenza vai de 30 de abril a 20 de maio.

h1n1Vacinação contra influenza usando lotes de 2015 começaram nesta 4ª feira no noroeste paulista (Foto: Reprodução / TV TEM)

A campanha nacional de vacinação contra influenza começa no dia 30 de abril e vai até 20 de maio, segundo o Ministério da Saúde. Nesta segunda-feira (28), o estado de São Paulo pediu para o governo federal antecipar a campanha diante do aumento de casos de H1N1. O ministério afirmou, porém, que isso não é possível já que o produto só é entregue pelo laboratório produtor nos meses que antecedem o inverno. Na rede privada, a vacina já está disponível.

De acordo com a pasta, até o dia 19 de março, já foram registrados 46 óbitos porH1N1 em todo o país, 10 mortes a mais do que no ano passado inteiro, quando 36 morreram pelo vírus.

Na rede pública, a vacinação contra influenza é destinada a alguns grupos prioritários: crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, idosos, profissionais da saúde, povos indígenas e pessoas portadoras de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade.

vacina-H1N1Enquanto a campanha nacional não começa, algumas cidades do noroeste do estado de São Paulo – onde o número de casos de H1N1 cresceu muito este ano – estão vacinando os grupos prioritários com lotes da vacina de 2015 solicitados ao Ministério da Saúde.

A vacina de gripe é atualizada todos os anos para adequá-la aos vírus circulantes naquela estação e sua composição é definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

No entanto, a vacina de 2016 não sofreu mudanças em relação ao H1N1 em comparação à do ano passado, por isso os lotes de 2015 são eficazes contra a H1N1. A proteção contra os outros dois vírus da gripe – H3N2 e Influenza B – fica comprometida.

“Como o H1N1 está predominando e com um comportamento mais agressivo, vale a pena fazer isso para bloquear o vírus nessa comunidade, é uma medida de saúde pública válida”, diz a médica Flávia Bravo, presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) – Regional RJ. Porém, a população que recebeu a vacina do lote de 2015 deverá se vacinar novamente durante a campanha nacional para garantir também a proteção contra os vírus H3N2 e Influenza B.

Flávia explica que não é possível adiantar a produção da vacina justamente pela variação de sua composição.

Rede particular já tem vacina
Em clínicas particulares, já está disponível a vacina trivalente contra influenza de 2016. Já a vacina tetravalente – que além de proteger contra o H1N1, o H3N2 e a Influenza B também protege contra uma segunda cepa da Influenza B – ainda está começando a ser distribuída.

Segundo Flávia, as sociedades médicas recomendam a vacina para todas as pessoas a partir dos 6 meses de idade. “Quanto mais cedo vacinar, melhor para que quando o vírus começar a circular com força, as pessoas já estejam imunizadas”

150881_476882685698410_2110232154_n4

Publicado em Acessibilidade, Blog, Bonsucesso, Brasil, Doença, Governo, Governo de São Paulo, Governo Federal, Guarulhos, Medicina, Prefeitura de Guarulhos, Prefeitura de São Paulo, Saúde, Saúde e lazer, São Paulo, Serviço social, Vacina | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Após sofrer 300 fraturas, homem com ‘ossos de vidro’ faz 2 faculdades no DF.


Raquel MoraisDo G1 DF.

Alexandre Abade só aprendeu a ler aos 17 anos e recusa imagem de vítima.
Ele vive em cadeira de rodas e tem baixa mobilidade dos braços e pernas.

alexandre-abade2A aparência frágil do consultor motivacional Alexandre Ferreira Abade, que por ter “ossos de vidro” vive sobre uma cadeira de rodas motorizada e tem mobilidade mínima nos braços e pernas, esconde uma personalidade agitada e persistente: o brasiliense tem duas graduações, uma pós, vários cursos profissionalizantes e uma agenda cheia de palestras a dar. O primeiro contato com letras e números só pôde ocorrer aos 17 anos, depois de ele superar a baixa expectativa de vida dada pelos médicos por causa das mais de 300 fraturas sofridas na infância e adolescência. Duas décadas depois, o homem segue recusando a imagem de “vítima” e se prepara para lançar o segundo livro sobre sua trajetória.

O diagnóstico de osteogênese imperfeita só veio aos 2 anos. “Tinha duas fraturas [nas pernas, desde o nascimento], mas os médicos não sabiam, só souberam em uma consulta que tive e o médico notou uma pequena diferença entre uma perna e outra e assim foram investigar a causa. Qualquer tipo de movimento [provocava fratura]. Eu não poderia sair para outros lugares de ônibus ou carro, pois os movimentos já ocasionavam fraturas, meus ossos eram muito frágeis, se quebravam facilmente, eram como vidro”, lembra.

A família tentou lidar com a situação com naturalidade, mas acatou as recomendações dos profissionais que passaram a acompanhar Abade. Ele nunca pôde experimentar tentar andar, e os médicos achavam que ele viveria no máximo até o início da adolescência. O consultor motivacional, que tem quatro irmãos, afirma nunca ter questionado as razões de ser o único a ter as limitações.

alexandre-abade3“Segundo previsões médicas eu viveria até os 12 anos de idade. Devido as minhas constantes fraturas, eu corria o risco de quebrar a coluna e o medo dos médicos era esse. Mas após os 12 anos, contrariando suas previsões e principalmente com a fé que os meus pais tiveram, esse diagnóstico foi mudado, eu superei mais essa previsão e fui vivendo dia após dia e cada vez mais, com a ajuda de Deus, superando e vivenciando cada momento, acreditando que Deus me ajudaria até na cura das minhas fraturas, como de fato aconteceu”, afirma. “Dos 17 anos até hoje eu não tive mais nenhuma fratura e nenhum problema de saúde, sigo minha vida normalmente.”

Prestes a completar a maioridade, Abade decidiu experimentar o que já era parte da rotina de todo mundo: estudos e trabalho. Ele foi matriculado no Centro de Ensino Especial de Sobradinho e depois passou para uma escola regular. Colegas colocavam folhas de carbono sob os papéis dos cadernos e assim lhe garantiam cópias das anotações. As provas eram feitas em salas de uso individual, com a ajuda dos professores.

A dedicação do consultor motivacional o ajudou inclusive a combater preconceitos. “Tinha colega que não se aproximava de mim porque imaginava que eu era uma pessoa que não poderia sair, me divertir, ou seja, que eu era uma pessoa que não teria muita alegria para fazer amizade. Mas, com o passar do tempo, esses colegas me viam em festas da escola, eventos, e então logo mudaram a forma de pensar e viram que eu era capaz, que independente das minhas deficiências eu posso ter uma vida normal, e foram aprendendo através de mim que outras pessoas com deficiência são tão capazes quanto.”

Abade passou então a dar palestras contando a própria história. Ele também fez diversos cursos profissionalizantes e se formou em gestão em marketing e gestão em administração de empresas. Depois, o homem fez pós-graduação em recursos humanos. O consultor motivacional diz que os estudos o ajudaram a se aperfeiçoar na área e a prosseguir com os projetos de palestras e educação inclusiva.

Visto como exemplo para colegas e professores, Abade percebeu como conseguia mudar os conceitos dos outros sobre deficiência e escreveu o primeiro livro há quatro anos. Ele trabalha atualmente em uma nova obra e conta com a ajuda da amiga Sarah Sena.

“O tema é um pouco da minha história, das conquistas atuais. E falamos também sobre pessoas com deficiência, que independente das limitações todos somos capazes de estar inseridos no mercado de trabalho, escolas, faculdades e principalmente temos o direito de ter o nosso lazer e os nosso direito garantidos”, explica.

Futuro
O consultor motivacional diz sonhar em crescer profissionalmente por meio dos projetos sobre educação e inclusão de pessoas com deficiência. “[Quero] Cada vez mais contribuir para que a inclusão não seja apenas uma teoria, mas uma prática constante na vida da nossa sociedade, que precisa muito abraçar essa causa e ter uma nova visão de pessoas com algumas limitações e não só pessoas com deficiência, mas também pessoas idosas, que também precisam ter o seu direito garantido e principalmente o seu respeito e atenção merecidamente, porque um dia todos nós vamos ficar velhos, um dia podemos ficar deficientes.”

Abade, que recentemente ganhou a cadeira motorizada, diz ter ganhado com o equipamento maior independência. Entre os próximos objetivos estão deixar a casa da mãe e formar a própria família.

alexandre-abadeO brasiliense Alexandre Abade, que tem 'ossos de vidro', junto com amigos (Foto: Alexandre Abade/Arquivo Pessoal)

“Eu me considero uma pessoa normal, mesmo com minha deficiência física. Tive relacionamentos amorosos e decepções como qualquer outra pessoa, mas, como um homem de fé e que sempre acredita que tudo é possível quando buscamos a Deus, eu sei também que realizarei a mais esse sonho que é constituir família.”

“Não me vejo incapaz, sei que sou diferente, mas com as minhas diferenças faço a diferença”, completa o homem. “Com toda a minha trajetória passada tive meus momentos para me preparar para romper todas os paradigmas e preconceitos, encarando a vida de frente e aceitando-a como eu sou, e em nenhum momento tive questionamento por causa das minhas limitações. Pelo contrário, busquei na minha deficiência um lado positivo em viver, estudar, trabalhar e tenho um bom relacionamento com as pessoas que passam em minha vida.”

Publicado em Acessibilidade, Blog, Brasil, Deficiência, Deficiência fisica, Doença, Educação, Inclusão social, Saúde e lazer, Vereador Claudilson Pezão, Vereador Pezão | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Comissão verifica situação do empreendimento Portal Flora.


Câmara Municipal de Guarulhos; por Giselle Ianson; Foto:Karina Yamada.

Diligência Comissão Habitação - 09.03.16-2-2A Comissão de Direitos Humanos, Cidadania, Habitação, Assistência Social e Igualdade Racial visitou o condomínio Portal Flora nesta quarta-feira (9) para verificar a situação do local por conta de reclamações de atraso na entrega do empreendimento do Minha Casa Minha Vida. Participaram da diligência os parlamentares: Romildo Santos (PSDB), Pezão (PT) e Elmer Japonês (PR).

Romildo Santos disse que o objetivo da diligência foi vistoriar o condomínio Porta Flora. O parlamentar lembrou que a Caixa Econômica Federal já se comprometeu a terminar as assinaturas dos contratos dos apartamentos até o dia 15 de abril para depois a entrega ser marcada pelo Ministério das Cidades. “Algumas pessoas estão morando de favor, outras estão pagando aluguel e outras estão morando em comunidades”, afirmou ao explicar sobre a necessidade da entrega rápida dessas unidades. O parlamentar ainda ressaltou que a Comissão irá acompanhar passo a passo essa questão.

O vereador Pezão falou que entende a ansiedade e a angústia das pessoas contempladas. “A entrega estava programada para dezembro e não deu certo”. O parlamentar destacou que a responsabilidade não é apenas da Secretaria de Habitação, mas também da Caixa e do Ministério das Cidades, que precisam seguir todos os trâmites necessários para a regularização e entrega das unidades.

Tatiana Olímpio, uma das contempladas do condomínio Portal Flora, disse que há muitas famílias em situação complicada, por isso a pressa dos contemplados. “Tem muitas famílias com casas caindo, outras que sofrem com alagamentos, e elas não têm para onde ir”, disse. Ela acredita que os moradores só poderão se mudar em junho e que isso complica a questão escolar das crianças dessas famílias.

150881_476882685698410_2110232154_n4

Publicado em Acessibilidade, Blog, Bonsucesso, Brasil, Governo Federal, Guarulhos, Habitação, Inclusão social, Obras, Prefeitura de Guarulhos, São Paulo, Serviço social, Vereador Claudilson Pezão, Vereador Pezão | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , | 3 Comentários