Mordida de Suárez pode indicar tipo de transtorno impulsivo, diz médico.


Eduardo CarvalhoDo G1, em São Paulo.

Atacante uruguaio mordeu italiano Chiellini em jogo da Copa na terça (24).
Esta foi a terceira vez que jogador atacou um adversário dessa forma.

mordidasuarezMomento em que o atacante uruguaio Luis Suárez (esq.) morde o jogador italiano Chiellini na partida de terça-feira (24), em Natal, pela Copa do Mundo (Foto: Reprodução/GloboNews).

A mordida dada pelo jogador uruguaio Luis Suárez no ombro do zagueiro italiano Giorgio Chiellini, em jogo da Copa do Mundo disputado na terça-feira (24), em Natal, pode ter relação com o chamado transtorno dos hábitos e dos impulsos, distúrbio caracterizado por atos repetidos, muitas vezes incontroláveis, e sem motivação racional clara, segundo o médico Rodrigo Bressan, do departamento de psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Esta foi a terceira vez que Suárez mordeu um adversário em campo em sua carreira. De acordo com Bressan, esse tipo de reação acontece quando a intensidade emocional em uma pessoa é muito grande e a “regulação cortical” do cérebro, que modula essa intensidade, não é forte o suficiente para inibir o impulso físico.
O médico explica que esse mecanismo é característico de pessoas que sofrem, por exemplo, de tricotilomania (compulsão por arrancar os próprios cabelos) ou cleptomania (distúrbio psicopatológico que faz com que a pessoa roube objetos). “Quando as atitudes se tornam frequentes, é sinal de que há falha no processo de controle desses impulsos, e indica que a pessoa sofre de um transtorno”, destaca Bressan. Nesse caso, é recomendável procurar ajuda profissional: terapia e um eventual uso de medicação.

Mordida não é inédita

Vídeo: Notícias do Brasil e do Mundo Hoje

Jornais britânicos “levantaram a ficha” do uruguaio e indicaram que esta não teria sido a primeira vez que Suárez agiu dessa forma. De acordo com o “Independent”, em 2013, na Copa das Confederações, o jogador já havia tentado morder Chiellini.

O site da BBC lembrou ainda que, em abril de 2013, o atacante do Liverpool foi banido por dez partidas após ter mordido o sérvio Branislav Inanovic do Chelsea, e em 2010, quando atuava no Ajax, da Holanda, foi suspenso por sete jogos ao morder o alemão Otman Bakkal, do PSV Eindhoven.

Segundo o médico, atletas de esportes com maior contato físico estão sujeitos a esse tipo de intensidade emocional. O futebol é um deles, mas há vários casos que podem ter relação com esse descontrole.

No futebol, uma das ocorrências de “explosão” mais famosas aconteceu em 1994, na Copa dos Estados Unidos, quando o jogador Leonardo, da Seleção Brasileira, deu uma cotovelada no uruguaio naturalizado americano Tab Ramos. Leonardo, que era visto como um jogador tranquilo, foi expulso da partida e recebeu quatro jogos de suspensão, o que o impediu de voltar a atuar naquele Mundial, do qual o Brasil saiu tetracampeão.

Outro caso famoso no esporte aconteceu em 1997. A luta de boxe entre Mike Tyson e Evander Holyfield ficou eternizada por causa da mordida dada por Tyson na orelha de seu adversário. “Alguém que pratica tênis dificilmente vai jogar a raquete no outro porque não tem contato físico”, diz o médico da Unifesp.

 

 

 

Anúncios

Sobre claudilsonpezao

Sou Claudilson Leite Pereira, mais conhecido como Pezão. Nasci em Prado (BA), em 15 de julho de 1966. Sou casado e pai de duas filhas. Moro em Guarulhos – SP. Em 6 de fevereiro de 2000 fiquei paraplégico. Apesar da deficiência, comecei a dedicar-me a causas sociais e, em 2003, filiei-me ao Partido dos Trabalhadores, dando início a minha carreira política. Atuo no Setorial da Pessoa com Deficiência, no PT. Cursei Tecnologia em Processos Gerenciais na Universidade Metodista em 2010. Minha história de vida é marcada por superações e conquistas. Fui eleito vereador por Guarulhos, para o mandato de 2013 a 2016. Espero em Deus realizar um trabalho digno que melhore a qualidade de vida das pessoas.
Esse post foi publicado em Brasil, Copa do Mundo, Doença, Esporte, Inclusão social, Lazer, Medicina, Noticías do Mundo, Saúde, Saúde e lazer, São Paulo, Serviço social, violência e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s