‘Meu pai não teve culpa’, diz menino que perdeu braço após ataque de tigre no Zoo.


Em entrevista ao “Fantástico”, Vrajamany Fernandes Rocha, de 11 anos, disse que ficou consciente após a mordida e que, na ambulância, já sabia que teria o braço amputado

POR O GLOBO
meninotigreVrajamany Fernandes Rocha, de 11 anos, fala ao ‘Fantástico’ sobre ataque de tigre em zoológico – Reprodução

RIO – O menino Vrajamany Fernandes Rocha, de 11 anos, atacado por um tigre no zoológico de Cascavel, no Paraná, afirmou neste domingo que seu pai, Marcos do Carlo Rocha, não teve qualquer culpa no incidente que resultou na amputação de seu braço direito. Em entrevista ao “Fantástico”, da TV Globo, o menino afirmou que manteve-se consciente após a mordida e, já na ambulância, sabia que iria perder o braço.

– O meu pai não teve culpa. Ele não sabia que ia acontecer – disse.

O episódio aconteceu no dia 30 de junho, quando Vrajamary visitava o irmão caçula, por parte de pai, no Paraná. Após o ataque, ele ficou internado por uma semana, recebendo alta médica na última quarta-feira. Ele retornou a São Paulo, onde mora com a mãe, a funcionária pública Mônica Fernandes Santos.

Vídeo Viral.

Perguntado por que escalou a grade onde ficava o tigre, o menino respondeu:

– Para ele chegar perto assim. Porque ele ia para lá e ficava um pouco. Aí, você subia, ele vinha para cá assim – contou. – Não tomei choque, não, porque na ambulância eu já sabia que iam cortar meu braço.

Os médicos que atenderam o menino no Paraná identificaram duas mordidas do tigre: uma na mão direita e outra na altura da axila. Segundo eles, por apenas dois centímetros, os dentes do animal não atingiram artérias importantes que passam perto do ombro. Nesse caso, o menino poderia ter morrido na hora.

Vrajamary, que é destro, tenta agora fazer o braço esquerdo assumir novas habilidades, como escrever e tirar a roupa.

– Eu quero voltar a fazer as coisas sozinho rápido – afirmou.

 

 

Anúncios

Sobre claudilsonpezao

Sou Claudilson Leite Pereira, mais conhecido como Pezão. Nasci em Prado (BA), em 15 de julho de 1966. Sou casado e pai de duas filhas. Moro em Guarulhos – SP. Em 6 de fevereiro de 2000 fiquei paraplégico. Apesar da deficiência, comecei a dedicar-me a causas sociais e, em 2003, filiei-me ao Partido dos Trabalhadores, dando início a minha carreira política. Atuo no Setorial da Pessoa com Deficiência, no PT. Cursei Tecnologia em Processos Gerenciais na Universidade Metodista em 2010. Minha história de vida é marcada por superações e conquistas. Fui eleito vereador por Guarulhos, para o mandato de 2013 a 2016. Espero em Deus realizar um trabalho digno que melhore a qualidade de vida das pessoas.
Esse post foi publicado em Acidente, Brasil, Deficiência, Deficiência fisica, Inclusão social, Medicina, Noticías do Mundo, Saúde, Saúde e lazer, São Paulo, Serviço social e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s