Médicos falam sobre colesterol alto, triglicérides, glicemia e hipertensão.


Do G1, em São Paulo.

Fazer exames de rotina é fundamental para levar vida mais saudável.

10b7e520fe17d48c8401821b464843b549ec34c5

Ao contrário do que muitos pensam, ter níveis elevados nos resultados desses exames não é um problema exclusivo de quem está acima do peso – apesar de a obesidade ser um fator de risco, como alertou o endocrinologista Bruno Halpern, existem gordinhos saudáveis e magros com alterações nos exames, como por exemplo, no de colesterol.

Como explicou o cardiologista Otávio Gebara, bons hábitos, com alimentação saudável e atividade física, têm só 20% de impacto no aumento do colesterol ruim, enquanto a genética pode influenciar de 70% a 80%. Isso significa que, se o paciente tem um histórico da doença na família, é fundamental que ele faça exames já na adolescência; se não, só perto dos 30 anos de idade. O endocrinologista Bruno Halpern explicou ainda que há casos em que é preciso tomar remédios para controlar o colesterol, associado sempre a bons hábitos.

8e40d8fbaffd35f6942eaacc877921776de33626620x560_colesterol64833ecce2ce345af0770360bafbf902f7bc77ce9c5adcc26cf0a99f8fafeb47fd736cf28aeca3c2Já os níveis de triglicérides são mais influenciados pela alimentação saudável e atividade física do que pela genética, como alertou o endocrinologista Bruno Halpern. Há ainda a pressão, que não é monitorada pelo exame de sangue, mas que também não dá sintomas – por isso, é importante que seja medida sempre, toda vez que o paciente for ao médico, em qualquer idade. Se for diagnosticada a hipertensão, ela também pode ser controlada com remédios.

De acordo com os médicos, monitorar esses 4 indicativos – colesterol, triglicérides, glicemia e pressão – é fundamental, principalmente depois dos 30 anos ou se o paciente for obeso ou sedentário. Mas de maneira geral, a principal recomendação é conversar com o médico para determinar a frequência com que o check-up precisa ser feito.

Outra dica importante é guardar exames antigos, que podem servir como uma pesquisa – por exemplo, um exame único de glicemia em 95 não é necessariamente preocupante em uma pessoa saudável, mas se as medidas anteriores eram 90, 85 e 80, isso significa que o nível subiu com o tempo, o que pode ser preocupante.

2e3803d6a0367f4d136ca6334f61c4387af0488b

 

 

Anúncios

Sobre claudilsonpezao

Sou Claudilson Leite Pereira, mais conhecido como Pezão. Nasci em Prado (BA), em 15 de julho de 1966. Sou casado e pai de duas filhas. Moro em Guarulhos – SP. Em 6 de fevereiro de 2000 fiquei paraplégico. Apesar da deficiência, comecei a dedicar-me a causas sociais e, em 2003, filiei-me ao Partido dos Trabalhadores, dando início a minha carreira política. Atuo no Setorial da Pessoa com Deficiência, no PT. Cursei Tecnologia em Processos Gerenciais na Universidade Metodista em 2010. Minha história de vida é marcada por superações e conquistas. Fui eleito vereador por Guarulhos, para o mandato de 2013 a 2016. Espero em Deus realizar um trabalho digno que melhore a qualidade de vida das pessoas.
Esse post foi publicado em Alimentação, Brasil, Doença, Idoso, Inclusão social, Medicina, Saúde, Saúde e lazer, São Paulo, Serviço social e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s