Jovem com paralisia cerebral escreve livro com o pé.


Boas Notícias.

pechinesa.jpgRecorrendo apenas ao seu pé esquerdo e à sua força de vontade, Hu Huiyan já escreveu seis capítulos do seu livro © CEN

  1. Uma jovem chinesa com paralisia cerebral decidiu desafiar todas as suas limitações e está a escrever um livro… com o pé. Hu Huiyan, de 21 anos, consegue digitar entre 20 a 30 palavras por minuto e já completou seis dos oito capítulos da sua obra de ficção.
    Quando nasceu, os médicos disseram aos pais de Hu Huiyan que a filha tinha apenas alguns dias de vida, mas a chinesa sobreviveu e, 10 meses depois, acabou por ser diagnosticada com paralisia cerebral.
     “As únicas partes do corpo que ela conseguia mover eram a cabeça e o pé, mas sempre foi incrivelmente determinada e acabou por aprender a fazer todo o tipo de tarefas diárias usando apenas o pé”, conta Peng Huiyan, pai da jovem, em declarações à agência de notícias CEN.
    Apesar dos obstáculos que o seu próprio corpo lhe colocou desde o início da vida, Hu Huiyan, residente numa aldeia rural na província chinesa de Anhui, no leste da China, onde ainda é difícil para muitas crianças ir à escola, sempre primou pela determinação e aprendeu, sozinha, a ler e a escrever com a ajuda das legendas dos programas de televisão.
    “Escrever usando somente o pé não é fácil. Quando está a digitar no teclado, a Hu tem de estar presa à cadeira de rodas para se manter estável”, explica a mãe da jovem, Sun, recordando que, embora tenha tido, em pequena, dificuldades para aprender a falar, a filha fazia questão de repetir cada palavra “mil vezes” até conseguir dizê-la.
    paralisia-cerebral-pé-2“Não sou um gênio, mas sou muito concentrada. Quando temos uma deficiência como esta, temos de aprender a ter paciência”, admite a jovem numa entrevista uma estação de televisão local.
    Recorrendo apenas ao seu pé esquerdo e à sua força de vontade, Hu Huiyan já escreveu seis capítulos do seu livro, um romance com mais de 60.000 palavras, tudo porque, segundo garante, vive fascinada com a oportunidade de ler e de escrever e com o facto de essas ‘habilidades’ lhe permitirem comunicar com os outros.
Anúncios

Sobre claudilsonpezao

Sou Claudilson Leite Pereira, mais conhecido como Pezão. Nasci em Prado (BA), em 15 de julho de 1966. Sou casado e pai de duas filhas. Moro em Guarulhos – SP. Em 6 de fevereiro de 2000 fiquei paraplégico. Apesar da deficiência, comecei a dedicar-me a causas sociais e, em 2003, filiei-me ao Partido dos Trabalhadores, dando início a minha carreira política. Atuo no Setorial da Pessoa com Deficiência, no PT. Cursei Tecnologia em Processos Gerenciais na Universidade Metodista em 2010. Minha história de vida é marcada por superações e conquistas. Fui eleito vereador por Guarulhos, para o mandato de 2013 a 2016. Espero em Deus realizar um trabalho digno que melhore a qualidade de vida das pessoas.
Esse post foi publicado em Acessibilidade, Comunicação, Curiosidades, Deficiência, Educação, Inclusão social, Noticías do Mundo, Saúde, Serviço social, Tecnologia e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s