Homem que caminha até 12 horas por dia com cadeira de rodas começa viagem com destino a Brasília.


Rede SACI

Zé do Pedal quer chamar atenção para os obstáculos enfrentados por cadeirantes.

da Redação

2o0hx2k2h3_8hgfm2d39q_fileO mineiro José Geraldo de Souza Castro, o Zé do Pedal (aventureiro, ambientalista, ciclista, fotógrafo e humanista) sai neste sábado (21) rumo a Brasília, em mais uma etapa do projeto “Cruzada pela Acessibilidade”, um percurso entre os extremos das fronteiras do Brasil (Monte Caburaí/Roraima ao Chuí/Rio Grande do Sul). A Chegada à Capital Federal está prevista para março.

O Zé do Pedal caminha empurrando uma cadeira de roda. Sua saga teve início no último dia 10 de fevereiro e, atualmente, o ativista já percorreu mais de 5.100 quilômetros passando pelos estados de Roraima, Amazonas, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. A meta é chegar ao Chuí em 27 de junho próximo. Para chegar a Brasília, ele caminha até 12 horas por dia.

img_1593Durante o percurso, Zé prega mais consciência em respeito ao próximo, cujos movimentos, provisórios ou definitivamente, o impossibilitem de andar. Zé disse que o projeto “Cruzada Pela Acessibilidade” teve sua semente lançada em junho de 2008, durante sua viagem em um kart a pedal de Paris a Johanesburgo. Na passagem pela cidade de León, no caminho francês da rota de peregrinação de Santiago de Compostela, em um dado momento, ouviu uma voz feminina dizendo “no puedo” (não posso). Olhou e viu uma jovem em uma cadeira de rodas tentando subir uma rampa que possuía um pequeno degrau.

Com a ajuda de outras pessoas a jovem conseguiu subir. A situação tocou o coração do aventureiro.

zedopedal1— As barreiras naturais são obstáculos para todos. Porém, as arquitetônicas, instaladas em concretos nas calçadas, edificações e ruas de cidades são obras do homem. Se o homem consegue interferir nas obras de Deus, porque não interferir nas “fabricadas por ele”, o homem?

De acordo com o ativista, o projeto, tem como objetivo entregar, nas Câmaras Legislativas dos Municípios visitados, uma proposta de Projeto-Lei sobre Normas de Acessibilidade e outra para a criação de Conselhos Municipais dos Direitos da pessoa com Deficiência e o de conscientizar as pessoas, principalmente aquelas com poderes de decisão, a terem mais respeito com as pessoas deficientes já que hoje em dia podem-se ver pessoas em cadeiras de rodas impossibilitadas de entrar em um banco ou setor público, por falta de rampas de acesso ou de elevadores.

Zé do Pedal já pedalou 145.000km ao redor do mundo, visitando 73 países em cinco Continentes.

 

Anúncios

Sobre claudilsonpezao

Sou Claudilson Leite Pereira, mais conhecido como Pezão. Nasci em Prado (BA), em 15 de julho de 1966. Sou casado e pai de duas filhas. Moro em Guarulhos – SP. Em 6 de fevereiro de 2000 fiquei paraplégico. Apesar da deficiência, comecei a dedicar-me a causas sociais e, em 2003, filiei-me ao Partido dos Trabalhadores, dando início a minha carreira política. Atuo no Setorial da Pessoa com Deficiência, no PT. Cursei Tecnologia em Processos Gerenciais na Universidade Metodista em 2010. Minha história de vida é marcada por superações e conquistas. Fui eleito vereador por Guarulhos, para o mandato de 2013 a 2016. Espero em Deus realizar um trabalho digno que melhore a qualidade de vida das pessoas.
Esse post foi publicado em Acessibilidade, Blog, Brasil, Curiosidades, Deficiência, Deficiência fisica, Inclusão social, Saúde, Serviço social e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s