Moradores querem intervenção de vereadores em processo de reintegração.


Câmara Municipal,  por Renata Moreira; Foto: Vera Jursys.

Com. Direitos Humanos em 16.02 (67)Cerca de 800 famílias do Fortaleza enfrentam ações judiciais individuais movidas pela Imobiliária Continental e Hidrovolt.

Um grupo de moradores do Jardim Fortaleza participou da reunião semanal da Comissão Técnica de Direitos Humanos e Habitação nesta terça-feira (16) pedindo a intervenção dos parlamentares no processo de reintegração de posse movido pela Imobiliária Continental e Hidrovolt contra 800 famílias do bairro. O advogado dos moradores, Yugi Zumi, disse que os moradores foram levados à inadimplência devido ao contrato conter cláusulas draconianas, tais como ausência de taxa de juros e prestações progressivas. “A inadimplência é provocada, pois o contrato é uma armadilha”, explicou.

Segundo ele, os vereadores podem colaborar na efetivação de uma proposta que prevê a “caducidade” do loteamento, por não ter respeitado a lei de parcelamento do solo. “Se a Prefeitura tiver ‘peito’ de pedir a caducidade do loteamento, resolverá de uma só vez o problema de todas as famílias, pois o proprietário não poderá fazer a reintegração de posse”, disse Zumi.

Vários moradores falaram sobre o drama que estão vivendo e garantem que irão até as últimas conseqüências, mas não aceitarão ter suas casas destruídas ou tiradas. Um dos integrantes do grupo disse que milhares de pessoas dos bairros Parque Continental, Santa Lídia, Vila Operária e Santa Edwiges passam pelo mesmo drama do Jardim Fortaleza. O advogado José Antonio afirmou que a Prefeitura é responsável na medida em que mantém contratos com a Imobiliária Continental.

O líder comunitário, Toninho Fortaleza, leu uma petição encaminhada ao Tribunal de Justiça, por meio da qual os moradores pediam uma audiência pública com a presença de integrantes do Judiciário, do Ministério Público, dos Poderes Executivo e Legislativo, bem como da Imobiliária Continental e da Hidrovolt. O pedido foi negado. “O que nós pretendíamos era sensibilizar as autoridades para essa questão. E é isso que queremos aqui, sensibilizar os senhores”, disse dirigindo-se aos vereadores Elmer Japonês (PSC) e Claudilson Pezão (PT), integrantes da Comissão Técnica.

Uma Comissão de Inquérito feita pela Câmara de Guarulhos cerca de seis anos atrás, para investigar questões relacionadas à Imobiliária Continental deverá ser desarquivada nos próximos dias. Essa foi uma das medidas propostas pelo vereador Pezão. O tucano Romildo Santos, presidente da Comissão Técnica chegou pouco antes do término da reunião, mas prometeu promover uma grande audiência pública reunindo moradores de diversos bairros lesados pela mesma empresa.

Sobre claudilsonpezao

Sou Claudilson Leite Pereira, mais conhecido como Pezão. Nasci em Prado (BA), em 15 de julho de 1966. Sou casado e pai de duas filhas. Moro em Guarulhos – SP. Em 6 de fevereiro de 2000 fiquei paraplégico. Apesar da deficiência, comecei a dedicar-me a causas sociais e, em 2003, filiei-me ao Partido dos Trabalhadores, dando início a minha carreira política. Atuo no Setorial da Pessoa com Deficiência, no PT. Cursei Tecnologia em Processos Gerenciais na Universidade Metodista em 2010. Minha história de vida é marcada por superações e conquistas. Fui eleito vereador por Guarulhos, para o mandato de 2013 a 2016. Espero em Deus realizar um trabalho digno que melhore a qualidade de vida das pessoas.
Esse post foi publicado em Acessibilidade, Blog, Brasil, Guarulhos, Habitação, Inclusão social, Moradia, Prefeitura de Guarulhos, São Paulo, Vereador Claudilson Pezão, Vereador Pezão e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s